Categorias
configurações Ferramentas manutenção procedimentos Windows

sclite: instalação, inclusive no Windows

Instalação do sclite em diversos ambientes Ubuntu, Slackware, Windows

O sclite está empacotado no Speech recognition Scoring Toolkit (SCTK) Version 2.4.0 e pode apresentar algumas dificuldades na sua instalação.

O pacote foi preparado para a instalação em ambientes Unix e seus derivados, iniciando na virada o século e evoluindo até 2010.

O pacote não se deteriora com o tempo, mas o entorno (Sistema Operacional, Compiladores, Gerenciadores Gráficos, etc) evoluiu e é o que precisa ser acomodado.

 

Download e Desempacotamento

Baixamos o pacote NCTK 2.4.0 da página de ferramentas do NIST. Nos parece uma fonte bem confiável para este pacote. Outras fontes

Devemos considerar que neste empacotamento do sclite está acompanhando de uma série de outros programas e bibliotecas (SCLITE, ASCLITE, tranfilt, hubscr, SLATreport and utf_filt scoring tools) que podem ser úteis!

O pacote vem comprimido em formato tar.bz2, e pode ser desempacotado normalmente com as ferramentas como ark ou tar. No ambiente Windows, alguns aplicativos como o 7-zip ou o tartool podem ajudar neste passo.

Configuração

É na configuração make config  que o pacote faz as adaptações para o seu ambiente específico (compiladores disponíveis, bibliotecas, processador, ambiente, etc). Se algum recurso essencial estiver faltando em seu ambiente, o make config vai procurar informá-lo do problema.

Infelizmente, as mensagens do processamento do make config são um tanto laconicas e não fica claro quando o problema é crítico e processo não pode continuar. Ou se a situação é normal e podemos seguir com o processo. Por exemplo, se o make config não encontra nenhum dos compiladores que pode ser usado no processo, precisamos parar e instalar um dos compiladores antes de continuar. Mas, se não estamos fazendo “cross compiling”, compilação para ambiente outros, podemos continuar sem maiores problemas.

Compilação

Os programas e bibliotecas do pacote são compilados no make all ! O texto do INSTALL já nos alerta que podemos ter problemas com rfilter1 se estivermos usando biblioteca muito recente do libC, pois os fontes usam a familia de funções strcmp* !  Basicamente, retiramos as informações adicionais da variável OPTIONS deixando em branco.

Como esta fase apresentou outras falhas alem do rfilter1, e estavam localizadas no programa asclite optamos por excluir a sua construção durante o processo de compilação mascarando (comentando) a linha nos makefiles.

 

Instalação no Linux

Se os pacotes contendo o sclite são antigos, instalações antigas do linux (exemplo Ubuntu 8.04) deve ser melhor para se trabalhar?!?!? Nem tanto, ao tentar compilar e instalar este pacote no Ubuntu 8.04, observei que os compiladores já são mais recentes do que utilizados quando do empacotamento do sclite, portanto não resolvendo os problemas de sintaxe nos fontes. Mas, o ambiente do Ubuntu 8.04, como os navegadores, instaladores de aplicações, etc ficam pedindo atualização para as versões mais recentes, tornando o trabalho muito desagradável. Vale a atualização do ambiente, digamos para Ubuntu 12.04 (LTS).

 

Instalação no Windows (7)

Para a instalação no ambiente windows temos que considerar a preparação de um ambiente GNU, para desempacotar, configurar, compilar e executar o sclite. Uma das alternativas é o uso do MinGW.

 

 

Com MinGW

Para começar, Compiling on Windows using MinGW  pode nos ajudar a entender como fazer as coisas neste ambiente. Para o Windows Vista e mais recentes, existem passos adicionais para configurar o MinGW que está explicados no  Compiling on Windows using MinGW! Acho que acabamos por nos esquecer os antigos procedimentos de configuração do ambiente  MS DOS!

O MinGW tem uma versão 64bits que pode ser uma algo a ser experimentado quando for o caso.  Marcado como Beta.

Com Cygwin

O Cygwin oferece o Linux feeling no Windows. Realmente, é uma emulação do ambiente Linux dentro do Windows bem mais completa do que a que observamos no MinGW. Mas, então porque não ter a coisa real?? Porque ficar no Windows?

 

Para o Cygwin também temos uma versão 64bits.

 

Documentação

A pasta doc do pacote baixado contem as informações iniciais para o uso do pacote. Experimente abri o arquivos sctk.htm em seu navegador  e veja as instruções para começar a trabalhar.

Referencias

Duvidas e possíveis respostas.

Porque das dificuldades de instalação?

Parte dos problemas está relacionado com a idade do pacote. Ele vem sendo desenvolvido desde a virada do século! Não, o pacote não deteriora com o tempo, mas o seu entorno (SO, Compiladores, ambientes, etc) evoluiram e podem estar causando os desconfortos.

Plataforma 64 Bits?

A plataforma 64 bits pode ser necessária para alguns processamentos especificos (mais pesados?). Algumas dicas falavam em editar os arquivos de configuração e recompilação para esta plataforma.

ActiveState? Object-based wrapper?

Alternativamente, pode se tentar empacotar o sclite usando o ppp. Veja mais em Speech-Recognizer-ScLite! Apesar de ser uma alternativa, os esforços parecem ser de 2001 e não teriam funcionado para o ambiente Windows.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.